São Paulo, 15 de Abril de 2017

Sobre duas rodas, todo cuidado é pouco!


As motocicletas, como todos sabem, são responsáveis por dar mobilidade a um trânsito cada vez mais parado em decorrência dos congestionamentos das grandes cidades. Justamente por sua natureza, o veículo de duas rodas deixa o condutor e o eventual passageiro mais suscetível ao risco de sofrer lesões em decorrência de acidentes ao contrário dos carros, que, cada vez mais modernos, oferecem uma proteção muito maior aos seus ocupantes. Neste cenário, é sempre bom o motociclista estar atento a alguns cuidados que podem fazer toda a diferença para sua segurança.

Quando encontrar um trânsito intenso, porém que esteja em movimento, evite circular por entre os carros em diferentes faixas, o chamado “corredor”. Lembre-se, a motocicleta deve trafegar como se fosse outro veículo qualquer, em outras palavras, ocupando uma faixa como carros, caminhões e ônibus. Quando um veículo maior muda repentinamente de pista, o risco de acidente é grande. Além do risco de morte, muitos motociclistas ficam com algum grau de invalidez permanente em decorrência do acidente.
No ano passado 76% das indenizações pagas pela Seguradora Líder-DPVAT foram para acidentes envolvendo motocicletas, apesar destes veículos representarem apenas 27% da frota nacional. Foram mais de 580 mil vítimas em acidentes com motocicleta, o equivalente a população de cidades como Cuiabá, Porto Velho, Londrina, Niterói, Joinville. Sendo que mais de 350 mil vítimas ficaram com invalidez permanente. É como se todos os habitantes de Vitória, capital do Espírito Santo, ficassem inválidos. E a cada ano temos uma nova cidade desse porte na mesma condição.
As fiscalizações quanto ao uso de capacete, condições da motocicleta, documentação, habilitação, pagamento do IPVA, Seguro DPVAT, sem dúvida alguma ajudam, mas a melhor prática ainda é uma conduta segura e responsável. Lembre-se, em caso de acidente, solicite o Seguro DPVAT.
Para solicitar a indenização do Seguro DPVAT basta seguir três passos:

1 - Escolher um ponto oficial de atendimento. A listagem completa por cidade pode ser acessada pelo site www.dpvatsegurodotransito.com.br ou pelo telefone 0800 022 1204. Lembre-se: as agências próprias dos Correios também recebem gratuitamente pedidos de indenização do Seguro DPVAT.

2 – Reunir a documentação necessária de acordo com a cobertura – morte, invalidez permanente ou reembolso de despesas médicas e hospitalares .

3 – Preencher o pedido de indenização em um ponto oficial de atendimento e entregar a documentação.

O pedido vai gerar um número de protocolo, que pode ser utilizado para acompanhar o processo tanto no site, quanto no SAC, que funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana.

Serviço:
Site DPVAT: www.dpvatsegurodotransito.com.br
SAC DPVAT – 0800 022 12 04 - Todos os dias da semana, 24h por dia


fonte: Imprensa Jornal a Voz do Motoboy

<< ver outros artigos