São Paulo, 16 de Abril de 2017

SindimotoSP realiza assembleia com motociclistas profissionais da Rapiddo que tem precarizado direitos trabalhistas


O SindimotoSP recebeu no dia 28/3 em horários diferentes, dezenas de motociclistas profissionais do Delivery da Rapiddo descontentes com as atitudes da empresa que desvalorizam o profissional, tira direitos, pune sem maiores explicações e exclui o profissional da plataforma sem justificativa em algumas situações. Os motociclistas realizaram uma assembleia e desejam o apoio do SindimotoSP na mediação do conflito nas seguintes questões: implantar escala livre, não ter mais entregas de 3 fases e sim via online, aumento da taxa e cálculo correto do KM rodado, não retirar incentivo de R$ 32,00 por período, se tiver 3 pontos pagar taxa de retornO, acabar com endereço oculto, repassar caixinha / gorjeta para o entregador, entregador não ter que subir no prédio para fazer à entrega, pagar espera e diária mínima por estar logado E respaldo em caso de acidente. O SindimotoSP já tentou contatar a empresa, que se coloca em posição de intransigência. Os próprios motociclistas da empresa não descartam paralisação geral.





fonte: assessoria imprensa

<< ver outros artigos