São Paulo, 11 de Abril de 2017

Sindicatos de motofrete / mototaxi em todo Brasil realizam ações de repúdio, assembleias e greves no Dia Nacional de Combate a Exploração das Empresas de Aplicativos


O dia 29/8/2017 foi importante para a nação motoboy
porque presidentes de sindicatos de motofrete que
representam vários estados brasileiros uniram forças
para combater empresas de aplicativos que estão arruinando
o setor de motofrete com concorrência desleal
e precarização das relações trabalhistas. A cada dia, as
empresas aumentam os lucros e expõem o trabalhador
motociclista a jornadas excessivas, baixos salários,
falta de benefícios, insegurança em caso de acidentes
e muito mais. Veja os que os presidentes estão dizendo
sobre o assunto.
Essas empresas de aplicativo passaram da conta e
estão arruinando o setor de motofrete. Anos de luta
e conquistas para os trabalhadores estão sendo prejudicados.
Isso não pode acontecer. Já denunciamos
para o Ministério Público do Trabalho e Ministério do
Trabalho essa exploração absurda do trabalhador motociclista.
Gilberto Almeida Santos (Gil)
presidente SindimotoSP
Não somos contra os aplicativos, mas eles não podem
retirar direitos dos trabalhadores. Desenvolvemos
um aplicativo aqui que só trabalhadores legalizados
podem participar. Além disso, eles serão melhor remunerados.
Ernani Bandeira Cesar
presidente Sindimoto Paraíba
Basta! Precisamos mostrar para as empresas de
aplicativos que o setor tem regras e trabalho de anos
de muitos sindicalistas. Elas não podem agora arruinar
o que foi conquistado.
Luiz Galvão – SindmotoDF – Brasília
Aqui no Rio de Janeiro combatemos também a exploração que as empresas de aplicativos fazem com
os companheiros motoboys. Eles terão que se adequar
ou abandonar o setor.
Carlos Augusto Vasconcelos Reis
Sindimoto Rio de Janeiro
Os aplicativos são uma forma de enganar o trabalhador.
Somos totalmente contra e já estamos nos movimentando
para fazer protestos contra as empresas
que exploram os companheiros.
Francisco Machado – Sindimoto Pernambuco
As empresas de aplicativo estão destruindo as relações
trabalhistas. Não somos contra os aplicativos,
mas desde que as empresas respeitem e tenham
compromisso com o trabalhador.
Ed Wilson
presidente Simmeal – sindicato motofrete Alagoas
Também estamos na briga contra as empresas de
aplicativo porque estão causando enormes prejuízos
para o setor e os companheiros motoboys. Não vamos
fugir dessa luta.
Welligton Nascimento – diretor Simosasco
sindicato de motofrete Osasco

fonte: Imprensa Jornal a Voz do Motoboy

<< ver outros artigos