São Paulo, 15 de Abril de 2017

Dê mais atenção ao pneu de sua moto. Sua vida pode depender dele.


O pneu da motocicleta como em qualquer outro veículo faz parte diretamente da segurança e, no corre corre da rotina diária o motociclista esquece que existem apenas duas áreas de contato para apoio. Por este motivo, é importante mantê-lo sempre em perfeitas condições. É recomendável o piloto fazer a inspeção periódica dos pneus, retirando pequenos objetos em oficinas especializadas. Muitas falhas também podem ser ocasionadas devido a vibrações excessivas, lombadas, buracos ou pistas irregulares, portanto, qualquer anormalidade, consulte assistência qualificada.

Mantenha sempre a pressão indicada pelo fabricante em ambos os pneus e lembre-se que em alguns modelos, a pressão dos pneus dianteiro e traseiro é diferente. Pilotar com baixa pressão nos pneus é perigosíssimo. Isso gera calor excessivo, podendo ocasionar danos. Válvulas e bicos velhos ou com defeito podem causar perda de ar. Troque-os sempre que montar novos pneus. A utilização da motocicleta com carga acima do especificado também ocasiona o superaquecimento dos pneus, podendo ocasionar danos imediatos ou a longo prazo, tanto na superfície quanto na estrutura interna do pneu. Inspecione regularmente o estado dos raios.

Raios tortos ou quebrados influenciam no balanceamento, causando perda de controle e desgaste prematuro de pneus. Cheque também a fita protetora interna do aro, que protege a câmara. Raios oxidados externamente podem significar oxidação de sua parte interna, podendo perfurar as câmaras. Óleo, graxa e gasolina podem deteriorar a borracha, mesmo que o pneu fique exposto a eles por um curto período de tempo.


fonte: Imprensa Jornal a Voz do Motoboy

<< ver outros artigos