São Paulo, 16 de Abril de 2017

SindimotoSP reúne-se com Secretário Municipal de Mobilidade e Transporte Sergio Avelleda


Os objetivos são diminuir os acidentes e criar políticas
públicas para os motofretistas que exercem a
profissão e prestam importante serviço de entregas
rápidas para a sociedade. As ações também beneficiarão
os motociclistas convencionais . Na pauta, o
SindimotoSP apresentou medidas que, se tomadas,
irão melhorar o desempenho do trabalhador motociclista,
aumentar a segurança, reduzir acidentes e
mortes que envolvem motofretistas e motociclistas
na cidade de SP.
Uma primeira conquista já comemorada pelo SindimotoSP
é a criação de uma Câmera Temática específica
para motociclistas dentro do Conselho Municipal
de Trânsito e Transportes, que abordará questões
relativas a segurança, mobilidade e diminuição de
acidentes com moto. Outro ponto fundamental e
unânime na reunião foi a necessidade urgente da
criação de campanhas de mobilidade segura, educação
e trânsito para conscientização da sociedade.
Outras medidas citadas pelo SindimotoSP foram
a criação de faixa de segurança, regulamentação
das empresas de aplicativo, estabelecimento
de velocidades para ruas de 60 km e 80 km para
grande avenidas, criação de bolsões de estacionamento
nos centros comerciais, fiscalização em
empresas clandestinas de motofrete, aumento de
faixas de retenção em semáforos e desenvolvimento
de programas de segurança para mobilidade
de motociclistas.
Essa reunião foi um desdobramento de outra
reunião com o prefeito João Dória que mostrou disposição
e empenho para melhorar a vida de quem
anda de moto na capital. Agora, SindimotoSP e um
grupo de trabalho da prefeitura avaliarão caso a
caso e irão somar forças para que os motociclistas
em geral sejam inclusos em plano de mobilidade
urbana, o que não aconteceu na gestão do ex-prefeito
Haddad

fonte: assessoria de imprensa

<< ver outros artigos