São Paulo, 17 de outubro de 2018

Infosiga diz que maioria dos acidentes fatais ocorre por falha humana. Multas também são geradas pelo mesmo motivo


Grande parte das mortes ocorridas no trânsito do Estado
de São Paulo poderia ser evitada segundo conclusão
do Infosiga SP (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes
de Trânsito do Estado de São Paulo), se motoristas
e motociclistas estivessem mais atentos. O estudo do governo
estadual que começou em 2016 para analisar os óbitos
em acidentes de trânsito nos 645 municípios paulistas
apontou que 94% das mortes são ocasionadas por falha
humana como falta de atenção, uso de celular ao dirigir
etc. Também houve aumento de aplicação de multas devido
a desatenção dos condutores pelos mesmos motivos.
Segundo o Detran, um dos principais meios para reduzir
essas ocorrências é a educação e conscientização dos
condutores elencou uma série de infrações previstas no
Código de Trânsito Brasileiro (CTB) que muitos motoristas
não conhecem e não sabem que geram penalidades.
Ainda de acordo com o Infosiga SP, colisões são o principal
tipo de acidente fatal, responsável por 37,8% das
mortes, seguido de atropelamentos (29,5%). Em relação
aos tipos de veículo envolvidos nas ocorrências com morte,
as motocicletas representam 34% do total, contra 21,3%
dos automóveis

fonte: Imprensa Jornal a Voz do Motoboy

<< ver outros artigos